Comissão de desporto

COMISSÃO DE DESPORTO

O que é a obedience?

A obediência é uma atividade desportiva e educacional, dirigida a ensinar os cães a agirem de forma cooperante e controlada. Todos nós que temos cães queremos que eles se comportem bem na vida familiar e em sociedade, por isso é muito importante investir algum tempo em treiná-los desde cedo para que sejam obedientes.

PEDIDO DE CONTACTO

Para mais informações





Alguns cães aprendem com muita facilidade, outro podem ser mais complicados, no entanto, o tempo e energia despendidos no treino básico de obediência pode revelar-se de importância crucial para uma vida familiar estável e agradável, diminuindo os casos de abandono e violência para com o animal.

O treino básico de obediência deve incluir exercícios que são importantes para a vida comum do cão em sociedade. Estes incluem: andar à trela sem puxar, sentar, deitar, ficar (sentado e deitado) e chamada. Não sendo um exercício específico, é também muito importante aprender a brincar com o cão, pois aumenta a ligação do cão com os donos e é uma excelente ferramenta de recompensa para quando o cão faz bem o que lhe é pedido.

Todos os donos de cães (inclui a família) deveriam treinar o cão para ter uma obediência básica, qualquer que ele seja, com ou sem raça definida e de qualquer idade. Obviamente, quanto mais cedo se começar mais fácil e rapidamente se vêm resultados e previnem problemas, mas na verdade todos os cães aprendem em qualquer idade. Nunca é tarde para começar.

Obediência de Competição/Desportiva

Para além da obediência social existe também a obediência de competição ou desportiva.

As provas de Obediência têm como finalidade avaliar as qualidades e carácter dos cães para a sua plena integração na sociedade. A obediência promove o bom relacionamento entre o cão e o seu dono, de forma a alcançar um perfeito entendimento entre ambos, conseguindo-se que o cão obedeça demonstrando vontade e interesse, mesmo quando se encontre afastado do condutor.

O Clube Português de Canicultura atribui o Certificado de Obediência Básica (COB) aos cães que tenham pelo menos 140 pontos (70%) em provas de COB, com pelo menos 5 pontos em cada exercício numa prova de COB. Esta prova/classe não é competitiva. O Regulamento de COB pode ser encontrado no website do CPC.

Todos os cães podem praticar Obediência Desportiva, sendo que apenas os cães com raça se podem qualificar para os Campeonatos do Mundo. É claro que há raças com maior predisposição para o trabalho, como Border Collies, Retrievers, Pastores Belgas, mas qualquer cão pode aprender os exercícios de competição e competir com qualidade. O Regulamento da FCI determina claramente que os cães deverão ser avaliados de acordo com a raça.

Nos últimos 5 anos a Carla Ribeiro com Toby (Golden Retriever) qualificaram-se para os Campeonatos do Mundo de Obediência.

Vantagens da Obediência

Conforme referido no início, a obediência promove o bom relacionamento entre o cão e o seu dono, de forma a alcançar um perfeito entendimento entre ambos. Mas não só. O treino de obediência, ou qualquer outro desporto ou atividade, promove muito a estimulação mental do cão. Este fator é muito importante porque torna os cães mais inteligentes e para além disso ficam mais calmos em casa e mentalmente mais estáveis. Tornam-se muito menos destrutivos (uma vez que a destruição de objectos em casa está na maioria das vezes diretamente relacionada com a falta de atividade mental do cão, que começam a inventar quando não têm nada para fazer) e desta forma a vida familiar torna-se muito mais agradável.

Como iniciar o treino de Obediência

Caso queira iniciar o treino de obediência procure uma escola ou um treinador com experiência. Veja as aulas que fazem (não se limite apenas a falar com o treinador, é importante que veja o que é feito) e avalie se os métodos usados estão de acordo com os seus valores. Existem inúmeros métodos de treinar cães e é importante que se sinta à vontade com o que escolher. Afinal, trata-se de treinarmos um membro da nossa família, um membro que infelizmente não pode falar e tem uma esperança média de vida muito inferior à nossa, por isso há que tentar ter ao máximo bons momentos com eles.

Aconselhamos sempre o uso de métodos positivos. Os cães procuram sempre agradar-nos. Se não o fazem é porque têm algum problema comportamental que não conseguem resolver sozinhos ou simplesmente precisam aprender o que queremos dele. Ensinar um cão a ser obediente é muito fácil desde que os donos saibam ensinar o que querem e sejam consistentes com as regras estabelecidas. Os cães não adivinham o que queremos nem vêm ensinados, ter um cão implica ter tempo para o ensinar. Devemos-lhes isso!

Texto de Carla Ribeiro

O que é o agility?

O agility é uma modalidade para fazer com o seu cão. Como qualquer modalidade, também o agility pode ser treinado e mais tarde competir em diferentes níveis. Pode ser um bom passatempo compartilhado entre si e o seu cão nos tempos livres ou pode competir mais a sério em competições internacionais de alto nível – ainda não esquecendo de se divertir!

Como começou?

O agility é uma modalidade onde o cão é conduzido pelo dono por uma pista de obstáculos. As suas raízes remontam à Inglaterra de 1970, quando foi criado como modalidade de demonstração nos intervalos da famosa competição equestre Olympia. A primeira vez que o agility foi mostrada para uma plateia foi no Crufts Dog Show, em 1978. A nova e rápida modalidade descolou imediatamente e, em poucos anos, recebeu o status oficial de modalidade canina no Reino Unido. Hoje em dia, o agility é uma das modalidades caninas mais populares em todo o mundo.

Agility pode ser praticado com todos os tipos de cães, não importa o tamanho. Uma boa maneira de começar é entrar em contato com seu clube de agility local ou com um agiliteiro experiente, que pode ajudá-lo a iniciar com segurança. Não importa se o seu cão é um cachorro ou adulto – contrariamente à crença comum, os cães velhos podem aprender novos truques!

O importante é ensinar ao seu cão todas as técnicas necessárias, pois existem níveis do básico ao avançado. Pode preparar o seu cachorro para fazer agility (quando tiver mais de 1 ano), ensinando-lhe comandos básicos e exercícios simples, tornando muito mais fácil continuar quando o cachorro crescer.

Agility como modalidade

Agility é uma modalidade para si e para o seu cão, e como qualquer desporto, pode ser treinado e praticado em diferentes níveis. Pode ser um bom passatempo para si e para o seu cão ou pode competir mais seriamente em competições internacionais de alto nível – ainda não esquecendo de se divertir!

O cão e dono devem estar saudáveis e em bom estado físico, pois o agility é fisicamente exigente, especialmente para o cão. Também é uma modalidade que faz o dono correr, por isso a sua forma física também é importante.

Agility é adequada para todos os tipos de cães e pessoas?

Golden Retrievers, Labrador, Flatcoated Retrievers, etc. são raças populares em competições de agility, mas também pode praticar agility com qualquer outra raça. Mesmo se cão for particularmente pequeno ou grande, pode fazer agility. Mas o agility não é só competição, mas também pode ser pura diversão. Isso significa que pode passar tempos muito bons com o seu cão, sem objetivos competitivos.

A idade do dono não importa. Existem condutores com mais de 70 anos. Mesmo que esteja fisicamente limitado, pode sempre treinar, treinando o cão ao um controlo mais à distância. Quanto mais bem treinado for o seu cão, mais fácil será para si.

Quanto à idade do cão, aconselhamos a que só comece a saltar após completar 1 ano de idade, para que tenha os ossos e articulações com o crescimento completo, havendo no entanto, inúmeros exercícios básicos para treinar até fazer 1 ano, para que quando chegue ao treino de pista seja tudo muito mais fácil.

Competições de agility

Uns percursos de competição incluem cerca de vinte obstáculos diferentes: saltos, túneis, slalom e obstáculos de contato que o cão tem que fazer. Durante o curso, o dono não pode tocar no cão nem nos obstáculos. O objetivo é completar o percurso sem faltas e o mais rápido possível. Semelhante ao hipismo, é falta sempre quer o cão derrubar uma vara e cair, se recusar fazer o obstáculo ou saltar as zonas de contato. O percurso tem cerca de 140 a 220 metros de comprimento e os cães podem correr até 6 m/s. A superfície pode ser relva natural ou artificial ou terra.

Os percursos de agility variam sempre a ordem dos obstáculos em cada prova, e é isso que torna o agility tão interessante. O juiz desenha o percurso em competições e os donos têm 8 minutos para reconhecer e decorar o percurso sem o cão. Nestes preciosos oito minutos, os donos memorizam a ordem dos obstáculos e planeiam sua estratégia de condução.

Os cães são divididos em diferentes categorias por tamanho e sua experiência em competições. Os regulamentos para dividir os cães em diferentes grupos variam por país. Na Europa, os níveis são definidos pelas definições da FCI, que incluem níveis de 1 a 3 e níveis de tamanho, pequeno, médio e grande.

Os cães só podem começar a competir com 18 meses. A competição começa no nível mais baixo com os cursos mais fáceis. À medida que ganham experiência e completam com sucesso os níveis mais baixos, os cães podem avançar para níveis mais exigentes.

Muitos países têm competições regulares de agility, na maioria nos fins de semana. Internacionalmente, as principais competições são o Campeonato Mundial e o Open Europeu. Centenas de equipas de topo participam nestas competições rigorosas e exigentes e as diferenças de tempo são medidas em centésimos de segundo.